O homem ia levando a sua vaca adoentada ao veterinário, quando foi atalhado pelo cumpadi:
- Gastar dinheiro pra que, homem? Sou teu amigo e tenho uma beberagem lá em casa, feita por mim, que amanhã tua vaca já está boa...
O homem da vaca confiou, voltou, pegou a garrafada e deu ao seu único patrimônio. No outro dia a vaca amanheceu morta.
Passados alguns dias, encontra o compadre que vai logo perguntando:
- E ai, compadre, como vai a vaquinha?
Informado de que a vaca morrera no outro dia após a beberagem, ele não perdeu o rebolado e arrematou:
- Mas uma coisa eu lhe garanto, compadre: ela morreu com uma melhora boa...