Um mineirinho, miudinho, todo tímido, embarcou no ônibus de BH para Cataguases. Seu colega de poltrona era um negão de 1,90 m de altura, com cara de poucos, muito poucos amigos.
O negão no maior ronco e o mineirinho todo enjoado com as curvas da estrada. A certa altura, o mineirinho não agüentou e vomitou todo o jantar no peito do negão, que não acordou.
Chegando em Rio Pomba, o negão acordou e passou a mão no peito todo melecado e gosmento. Olhou enfurecido pro mineirinho, que imediatamente bateu a mão no seu ombro e perguntou:
- Cê miorô?